quarta-feira, abril 05, 2017

BALADI promove Seminário “Atitudes de Gestão Valorativa dos Activos nas Áreas Comunitárias”

A BALADI – Federação Nacional dos Baldios promove, no próximo dia 8 de Abril, na Lousã, o Seminário “Atitudes de Gestão Valorativa dos Activos nas Áreas Comunitárias”.

A iniciativa realiza-se no âmbito do projecto de informação técnica económica e organizacional para o desenvolvimento dos territórios rurais e decorre no Clube Recreativo Vilarinhense na Lousã, tendo início às 14h00.

As inscrições são obrigatórias e podem ser feitas por telefone (259 348 151 ou 913 815 389) ou por e-mail (baladi.baldios@gmail.com ou geral@baldiosvilarinho-lsa.pt). 
                                 

- Cartaz / Programa

domingo, abril 02, 2017

Acção de informação

Se se candidata a ajudas agrícolas (Pedido Único), já deve ter sido alvo de acções de verificação/fiscalização!
Não perca esta oportunidade!!
Conheça melhor as regras de condicionalidade que tem de cumprir!!
...
Aproveite para esclarecer as suas duvidas.
Acção a realizar dia 3 de Abril a partir das 14 horas, instalações da Côaflor.
Entrada LIVRE!!


sexta-feira, março 31, 2017

FÓRUM DO PATRIMÓNIO 2017

O GECoRPA - Grémio do Património, a Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial,  a Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos, a Associação Portuguesa das Casas Antigas, e a Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património organizam, sob a égide do ICOMOS-Portugal, o Fórum das ONG do Património 2017. 
O evento terá lugar na Sociedade de Geografia de Lisboa, no dia 10 de Abril de 2017. A data escolhida reveste-se de particular significado: Abril é o mês em que se celebra o dia Internacional dos Monumentos e Sítios adotado pela UNESCO e pelo ICOMOS, em 2017 completam-se 140 anos sobre a data da morte de Alexandre Herculano, pioneiro em Portugal da defesa do Património Cultural e patrono do Centros Históricos, e este mesmo ano foi dedicado pelas Nações Unidas ao Turismo Sustentável, e integrado na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 
Tendo como âmbito geral o património construído desde a pequena à grande escala -- casas antigas, nobres e senhoriais, património rural e industrial, aldeias tradicionais, bairros e centros históricos, sem esquecer os problemas que afetam a paisagem cultural - o principal objetivo deste Fórum é unir as Organizações Não Governamentais dedicadas à defesa do património cultural construído e da paisagem, potenciar a sua actuação conjunta na salvaguarda dos valores patrimoniais, procurando oferecer aos decisores uma alternativa sólida e credível, que respeite o caráter e a autenticidade desse património, e privilegie a sua utilização sustentável. 
O Fórum está estruturado em quatro temas principais: “Património e Identidade”, “Os desafios das ONG do Património e como superá-los“, “ O Património e o Setor do Imobiliário” e “As ONG e a defesa do Património, público e privado”.  
Do Programa constam, para além das comunicações de numerosas ONG, as conferências dos oradores convidados, profundos conhecedores dos temas em foco: Maria Calado, Professora da FAUTL e Presidente da Direção do Centro Nacional de Cultura, João Caninas, arqueólogo com vasta experiência associativa nas áreas do património e do ambiente, Sandro Mendonça, professor da ISCTE Business School e Diretor da Licenciatura em Economia do mesmo Instituto, professor universitário no ISCTE e colaborador no COTEC, INPI, CEN, OCDE e UNESCO e, ainda, Sneška Quaedvlieg-Mihailovic, secretária-geral da Europa Nostra e membro da Federação Pan-Europeia da Herança Cultural. 



segunda-feira, março 27, 2017

CAMINHAR COM VIDA 2017  Rebolosa - Soito



CAMINHAR COM VIDA 2017 
Rebolosa - Soito
2.ª caminhada ǀ 9 de abril ǀ 11,4 km
 
A segunda caminhada pela “GR 22 – Rota das Aldeias Históricas” vai realizar-se no próximo dia 9 de abril, domingo, ligando a Rebolosa ao Soito.

Os interessados em participar devem inscrever-se até às 16h30 do dia 7 de abril, sexta-feira, no site do Município, aqui, ou através do telefone 271 750 150 (Pavilhão e Piscinas Municipais).

Com um custo de cinco euros, a inscrição inclui almoço, seguro de acidentes pessoais e transporte no final para o local de partida, devendo o pagamento ser efetuado junto dos responsáveis da organização, até dez minutos antes do início da caminhada.

Marque já na sua agenda.

“SABUGAL RESPIRA DESPORTO”